Ex-ministro Carlos Gabas participa de debate sobre a Reforma da Previdência em Caruaru

O gabinete do líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), promove evento em Caruaru, nesta sexta-feira (24), a partir das 10 horas, sobre a Reforma da Previdência, que foi proposta pelo governo de Michel Temer (PMDB). Humberto convidou o ex-ministro dos governos de Lula e Dilma, Carlos Gabas, que também é especialista em Gestão de Sistemas de Seguridade Social para debater sobre a reforma que tira os direitos dos trabalhadores brasileiros.
O encontro tem como mote “O que temer com a Reforma da Previdência”. O evento está sendo organizado juntamente com o gabinete do vereador do PT de Caruaru, Daniel Finizola. “Contamos com a ajuda importante de Daniel na organização desse debate em Caruaru. Ele está se mostrando um político promissor da região e está participando ativamente de discussões importantes como esse da reforma da Previdência”, afirmou Humberto.
Segundo o parlamentar petista, é fundamental ampliar o debate sobre a reforma proposta por Temer. “Temos que discutir esse modelo que está sendo apresentado pelo governo, que penaliza o trabalhador e que vai afetar duramente a vida de milhões de brasileiros”, afirmou.
Entre as mudanças propostas pela gestão peemedebista está a de alteração na idade mínima necessária para a aposentadoria, que hoje é de 55 anos para mulher e de 60 para homens. O novo projeto, por sua vez, determina que a idade seja maior, 65 anos, e igual para homens e mulheres. O tempo mínimo de contribuição também vai saltar de 15 anos para 25 anos.
O trabalhador também precisará contribuir durante 49 anos para assegurar o recebimento de 100% da aposentadoria, já que o tempo mínimo de 25 anos dará apenas direito a 76% do cálculo do benefício. Outra alteração é com relação à desvinculação do valor das pensões por morte do valor do salário mínimo. Somente com a desvinculação, cerca de quatro milhões de pessoas serão afetadas.
O projeto de Reforma da Previdência já está sendo debatido na comissão especial da Câmara dos Deputados e já recebeu mais 100 emendas parlamentares. Depois de votada na comissão, a matéria segue para o plenário da Casa. Se aprovado, o projeto será encaminhado para o Senado.
“Temer se aposentou aos 55 anos, mas quer impor ao trabalhador brasileiro uma reforma cruel que, na prática, vai tirar dos trabalhadores o direito de se aposentar e de ter uma velhice digna, mas que mantém os privilégios de poucos grupos. Por isso, mais do que nunca, precisamos debater, estar junto da população e esclarecer o quanto esta reforma é danosa”, avalia o senador.
Serviço:
 
“O que temer com a Reforma da Previdência”
– Caruaru
Data: 24/03
Hora: 10h
Local: Acic – R. Armando da Fonte, 15, Maurício de Nassau