Ministério das Cidades busca viabilizar habitacional em Fernando de Noronha

 
O titular da pasta, Bruno Lisboa, recebeu a coordenadora de programas sociais do Ministério das Cidades, Isabel Urquiza, nesta segunda, na sede do órgão, no Recife
A Secretaria de Habitação de Pernambuco (SecHab) foi procurada pela coordenadora dos programas sociais do Ministério das Cidades no Nordeste, Izabel Urquiza, para atuar no projeto que pretende viabilizar a construção de moradias populares no Arquipélago de Fernando de Noronha. No encontro, ficou acertado que o Ministério enviará os levantamentos de custo e as possibilidades de enquadramento a SecHab na próxima semana. Para o secretário de Habitação, Bruno Lisboa, a parceria é fundamental para o processo.
“Essa equipe multidisciplinar é uma ótima opção para contornar os entraves. A SecHab, através da Cehab, tem experiência no assunto e vai resolver em muitos aspectos”, pontuou Bruno. De acordo com o secretário de Habitação, o projeto tem potencial. “Sabemos a importância desta ação para os ilhéus e nós vamos correr para encontrar a forma mais rápida de viabilizar”, completou Bruno Lisboa.
O secretário apontou uma possível parceria com a iniciativa privada como alternativa para os entraves econômicos do projeto. “Caso não seja possível viabilizar essa construção a partir de recursos públicos, nós poderíamos lançar uma parceria com algum segmento privado”, disse Bruno.
Na avaliação de Izabel Urquiza, a reunião foi produtiva e positiva para as ações no arquipélago. “O projeto prevê a construção de mais 50 unidades na ilha. É um projeto que já existia, mas ele não conseguiu ser viabilizado. Agora, estamos unindo esforços para destravar esse processo, chegar a um denominador comum dentro das normas e dar uma velocidade a isso. Por que há uma demanda social muito grande na Ilha de Fernando de Noronha”, comentou Izabel.