Noite Pop lotou o Polo Silvino Macedo nesse sábado

Público elogiou atrações e o espaço do novo polo

 A chuva que caiu em Caruaru, na noite desse sábado (15), não impediu que o Polo Silvino Macedo ficasse lotado. Casais, grupos de amigos e até famílias fizeram questão de participar da última noite de shows. “Viemos do Recife e essa é a primeira vez que estamos na Rua Silvino Macedo. A Prefeitura está de parabéns pela organização e segurança”, comentou o professor Edvan Silva, que estava acompanhado da esposa, sogra e duas filhas.

Às 20h30, Isabela Moraes entrou no palco e convidou dois caruaruenses para abrilhantar a festa: Pablo Patriota e Joanatan Richard. Em meio à chuva, ela se juntou ao público e formou uma quadrilha ao cantar “São João do Carneirinho”, sucesso na voz de Almério. Em seguida, Barthô animou todos com clássicos do Pop Rock nacional e, também, internacional, como “Losing my religion”, da americana R.E.M. Num dos shows mais esperados da noite, Almério apresentou as músicas do seu novo álbum “Desempena” e chamou a parceira Isabela Moraes para uma participação bem especial na canção “Segredo”. Ele falou da alegria que é poder cantar para Caruaru “Que alegria! Que alegria estar aqui nesse palco, na minha terra, cantando pra vocês”, disse. Por volta da 0h, Marcelo Jeneci entrou em cena com um show encantador e com sucessos cantados em coro pelo público, como “Felicidade”, “Pra sonhar” e “Amado”, composição feita em parceria com a cantora Vanessa da Mata.

Já para os expositores do Mercado Criativo, a palavra que melhor define a feirinha é sucesso. “A primeira noite já foi surpreendente. Vendemos mais de 100% do que vendemos normalmente. Estamos muito felizes de ter participado de uma feira que valorizou o trabalho dos pequenos produtores. Sem o apoio da Fundação de Cultura, isso não seria possível”, comemorou Carlos Plácido, sócio da marca Manifesta.

Encerrando as atividades do Caruaru por Paixão, neste domingo (16), cinco bandas de pífanos e um bumba meu boi seguem em cortejo animando visitantes e moradores na Avenida Agamenon Magalhães. A concentração será na Casa do Pife, na Estação Ferroviária, a partir das 16h.