MAIO AMARELO 2017 – por menos acidentes de trânsito

Com foco no condutor do amanhã e tendo como objetivo principal chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes e vítimas no trânsito, a Secretaria das Cidades, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE promove hoje 2, a abertura oficial do movimento Maio Amarelo. O evento acontecerá às 19h30 no auditório da Uninassau – Bloco B, parceira do evento, com a palestra sob o título “Trânsito Urbano”, proferida pelo jornalista caco Barcellos. No local ainda serão expostos veículos acidentados com mensagens aos cidadãos.

A ação, que tem programação durante todo o mês de maio e slogan “Minha Escolha faz a Diferença no Trânsito”, esteve na segunda-feira, 1, no Parque da Jaqueira, com técnicos de educação, acompanhados pela Turma do Fom-Fom, Rotary, Fenacor, CTTU, BPTran, Operação Lei Seca e grupos de escoteiros. Na ocasião foi realizada uma introdução ao movimento Maio Amarelo. Crianças e pais foram abordados, houve distribuição de panfletos, balões, cartilhas e fitilhos sobre os principais cuidados que devem ser adotados para um trânsito mais seguro. Além disso, aconteceu no local atividades lúdicas para a criançada. O foco é a mobilização de cidadãos para discutir o tema promovendo a conscientização para motoristas mais responsáveis, que respeite a sua vida e a do outro,

Já na manhã de hoje (02), no Shopping Plaza, aconteceu uma ação educativa nas vagas prioritárias, com o objetivo de conscientizar os cidadãos sobre o uso correto das vagas nos estacionamentos. Nessa atividade foram usadas cadeiras de rodas posicionadas em vagas comuns com frases de conscientização, como por exemplo: É só um minutinho; Volto já, entre outras. Além disso, uma “Multa Moral” está sendo aplicada aos condutores, que funciona como uma alerta aos erros cometidos pelas pessoas que usam de forma indevida as vagas especiais, mostrando o erro que é não apenas moral, mas também legal. Ao se parecer com uma folha de talão de multa, a medida alerta os condutores que ao invés da multa educativa, poderia ser uma multa real.

vagas prioritárias

 

Segundo o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, até o dia final do mês a Coordenação de Educação de Trânsito do órgão estará promovendo ações para estimular o cidadão a refletir sobre as responsabilidades e os riscos ao transitar por vias urbanas, seja como motorista, pedestre, ciclista e motociclista. Ribeiro ressalta ainda que, para mobilizar a sociedade, em prol da educação e da conscientização no trânsito, foram firmadas parcerias com empresas públicas e privadas, principais setores que compõem a estrutura de trânsito e transportes do Estado, as Secretarias das Cidades, Saúde e Educação, associações que representam as concessionárias de rodovias, montadoras de veículos e de motocicletas, Rotary Clube, Federação de Seguros, entidades credenciadas para educação de trânsito, instituições de ensino superior, além das entidades técnicas especializadas em trânsito e segurança. Serão fixados nos ônibus cartazes, distribuídos panfletos com dicas de segurança, bandeiras e cabides para carro, praguinhas, além de bafômetros descartáveis, laços de fitilho amarelo, laços de bicicleta, balões de gás hélio, lixeira para veículos e cancela para pedágios.

PARCERIAS – Ainda de acordo com Ribeiro, a queda de acidentes aponta para o sucesso de campanhas educativas, como a do Movimento Maio Amarelo e da Semana Nacional de Trânsito, ambas realizadas em 2015 e coordenadas pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco, contando sempre com a parceria de órgãos de trânsito, da Companhia de Trânsito e Transporte – CTTU; do Batalhão Policiamento de Trânsito – BPTRAN; Batalhão de Polícia Rodoviária – BPRV; Polícia Rodoviária Federal – PRF; Departamento de Estrada e Rodagem – DER; Operação Lei Seca – OLS, da Secretaria de Saúde, além disso, o DETRAN-PE trabalhou fortemente para regularizar os ciclomotores, mais conhecidos com cinquentinhas. Com essa ação, foram reduzidos os índices de acidentes e suas consequências sociais e econômicas.

“Nossa intensão é que o Maio Amarelo seja refletido nos pontos principais da cidade e que um maior número de pessoas usem um fitilho amarelo como símbolo do movimento internacional. Acreditamos que motorista bem educado, é motorista consciente e responsável pela sua vida e a do outro.  Não adianta só autuar ou apreender veículos, temos que partir para o trabalho educando os futuros condutores”, ressalta.

Por que Maio Amarelo?

A cor amarela foi escolhida por simbolizar atenção, em referência à sinalização de advertência no trânsito. Já o mês foi escolhido por ter uma ligação com a história de segurança no trânsito, uma vez que foi em maio de 2011 que a ONU decretou a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. A meta é reduzir acidentes de trânsito em todo o mundo