Mulheres do campo são beneficiadas com curso profissionalizante

Com o objetivo de melhorar a renda e de resgatar a autoestima das mulheres dos segundo e terceiro distritos, a prefeitura lançou o Curso de Corte e Costura que, nesta etapa, beneficiará centenas de mulheres das comunidades de Juá, Cachoeira Seca, Serra Velha e Sítio Antas.

“Estamos garantindo para as mulheres da área rural, além de uma formação de autonomia sociopolítica e econômica, a valorização e a conscientização de cada cidadã da sua importância para a sociedade. Andando pelas ruas das comunidades, percebi que as pessoas fabricavam um pedaço da peça de confecção. Por exemplo, uma parte caseada, a outra cortava, alguns pregavam os botões. E agora com o Curso de Corte e Costura, a profissional poderá fazer a roupa inteira, desde o molde para o corte, até a costura de acabamento. Dessa forma, ganharão mais e terão a vida com mais qualidade”, afirmou a prefeita Raquel Lyra.

Para Cícera Maria, moradora de Cachoeira Seca, a iniciativa vem em boa hora e para melhorar a vida das mulheres do campo. “A prefeita Raquel Lyra quando ainda era deputada estadual conheceu a realidade da nossa comunidade. Na campanha para prefeita, Raquel, nos prometeu que olharia para nós mulheres do campo, mais uma vez, e hoje ela vem a nossa comunidade cumprir mais uma promessa de campanha. A proposta do curso oferecido pelo Convergir Mulher é de empoderamento. Agora com a ajuda dos recursos vindos da emenda parlamentar criada por Raquel e aprovada na Assembleia Legislativa, nossa renda aumenta, e nós, com certeza, viveremos melhor. Muito obrigada, prefeita!”, agradeceu.

A iniciativa aconteceu nesta quarta-feira, 10, na comunidade de Cachoeira Seca e contou com as presenças da secretária de Políticas para Mulher, Perpétua Dantas, o secretário de Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural, Diogo Cantarelli, representantes da Secretaria da Mulher do Estado e a comunidade campesina.