“Violência contra Mulher e Empreendedorismo Feminino” foi tema de debate em Caruaru

A Comissão Itinerante da Mulher da Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe – aportou em Caruaru, nesta quinta-feira, 25, com o intuito de ouvir as caruaruenses dos mais diversos segmentos sobre “Violência Contra a Mulher e Empreendedorismo Feminino”.

 

“A audiência nos trouxe muitos subsídios, com vários segmentos representados. Uma das coisas mais marcantes foi o desejo das caruaruenses pela consolidação de encontros como esses direcionados por público, como o LGBT, mulher idosa, mulher negra, mulher rural. Isso é muito importante para debater a fundo as especificidades de cada uma”, analisou a presidente do colegiado e deputada Simone Santana.

 

Para a prefeita Raquel Lyra, que participou do evento, é possível enfrentar os desafios sociais relacionados à condição feminina por meio do diálogo e do compromisso firme com os interesses e as necessidades da população. “Agradeço esse momento rico para Caruaru. Aqui podemos sugerir e debater temas de interesse da nossa população. Não é fácil trabalhar política pública no Brasil, mas é possível sim e hoje vamos ouvir mulheres de vários segmentos e construir melhores condições de vida para cada caruaruense”, afirmou.

 

Além da prefeita Raquel Lyra e da deputada Simone Santana, compuseram a mesa a deputada estadual Laura Gomes; a secretária de Políticas para Mulheres de Caruaru, Perpétua Dantas; a subcoordenadora regional da Secretaria da Mulher do Governo do Estado, Neuma Lira; a presidente da Rede de Mulheres Empreendedoras de Pernambuco, Verônica Ribeiro; e a vereadora de Caruaru Zezé Parteira.

 

O evento contou com a participação de cerca de 80 mulheres, entre as presentes, a pesquisadora do Grupo de Extensão Arte em Ação da Universidade Federal de Pernambuco Cristina Rabelo se pronunciou sobre a importância do evento. “Diminuiu as distâncias entre a voz do povo e o que o representante precisa ouvir. É como dizia Paulo Freire ‘Chegar no povo, ouvir o povo e construir por ele’, é extremamente necessário”, destacou.