Donativos continuam chegando para quem precisa em Caruaru

Produtos de higiene pessoal, limpeza e alimentos não perecíveis e de consumo rápido, são os itens de mais necessidade de arrecadação.

 

 

Os estragos das fortes chuvas registradas nos últimos dias na Região Agreste despertaram a solidariedade entre as pessoas. Desde o início das enxurradas em Caruaru que a sociedade civil organizada tem se mobilizado para arrecadar donativos para as pessoas afetadas pela devastação das águas. As doações começaram a ser recebidas no pátio da Prefeitura, já no dia seguinte à enxurrada que aconteceu no último dia 27 de maio, e não pararam mais de chegar. A campanha incentivou a população a doar e arrecadar donativos e estimulou a multiplicação dessas ações entre associações e entidades.

 

 

O depósito das doações em Caruaru, que fica na Associação dos Moradores da Boa Vista I e II e está repleto de donativos. Parte do recebimento se deve à ação de algumas organizações como a ONG Novo Jeito, do Recife, que enviou quatro caminhões repletos de donativos, totalizando cerca de seis toneladas. Em Caruaru, diversas entidades se sensibilizaram com a causa, entre elas a Favip, a Igreja Mórmon de Jesus Cristo do Santos dos Últimos dias e o Convento dos Capuchinhos, que enviaram um caminhão de donativos cada um. A administração da Ceaca iniciou uma campanha de arrecadação no centro de distribuição junto aos comerciantes.

 

 

Desde o início das ações foram recebidas cerca de 42 toneladas de material arrecadado, dos quais mais de 60% são de roupas, o que reforça a necessidade de arrecadação de alimentos não perecíveis e de consumo rápido. Água mineral, produtos de limpeza e higiene pessoal, colchões e lençóis também são necessários como reforço de doações. Em torno de 447 cestas básicas já foram enviadas para as famílias atingidas pelas enxurradas.  Muitas delas receberam parte dos 292 colchões distribuídos, dos 286 kits de higiene pessoal e 93 kits de limpeza, além de 860 litros de água mineral e 11.364 peças de roupas.

 

 

As doações já foram enviadas para diversas localidades da cidade e Zona Rural do município, entre elas, Centenário, João Mota, Malhada de Pedra, Pau Santo, Rendeiras, Itaúna, Sítio Cajazeiras, Alto do Moura, Terra Vermelha, Ceagep e muitos outros. Para os idosos atendidos pela Casa dos Pobres, em especial, além de alimentos e produtos de primeira necessidade, foram enviados 960 litros de leite e 25 pacotes de fraldas geriátricas. Para atender a demanda deste público, é importante que as pessoas contribuam com leite e aveia nas doações.