Estudo aponta que busca do corpo ideal supera preocupação com saúde

Estudo realizado pela Le Fil, constatou que a estética e a saúde são as principais motivações para as mudanças de hábitos alimentares e inclusão de atividades físicas nas rotinas dos internautas. Realizado no período de  março até a primeira quinzena de maio, o estudo analisou 495 menções no Facebook, Twitter e Instagram, com a utilização das expressões “vida saudável”, “dieta” e “atividade física” como termos de busca.

 

Ao contrário do que se possa imaginar em um primeiro momento, a preocupação com o corpo ideal (peso e/ou massa muscular) aparece no topo da lista e está presente em 56% das menções estudadas como a razão para a procura por dietas e a prática de exercícios. Já o risco à saúde é apontado como a segunda preocupação dos internautas, correspondendo a 32% do total de menções.

 

Na busca pelo corpo perfeito e a vida mais saudável, a prática de exercícios aparece em 42% das citações como a solução ideal, enquanto as dietas e a reeducação alimentar estão em 28% das menções. Entre os que aderiram às rotinas de atividades físicas, a academia ainda é a queridinha do mundo fit, figurando em 68% das citações, 12% das menções foram de internautas adeptos do crossfit e 9% do treino funcional. Já as caminhadas e os esportes ficaram com 8% e 3%, respectivamente.

 

O estudo também confirma que a preocupação com boa forma e a vida saudável tem realmente alavancado a busca por dietas e reeducação alimentar. Entre as citações analisadas, 28% ressaltaram a importância da reeducação alimentar para a adesão a um estilo de vida saudável. Já a procura por dietas representou 12% do total. Entre as mais citadas estão a paleolítica, baseada em carboidratos oriundos de frutas e vegetais e carne magra, e a Low carb, que consiste na redução da ingestão de carboidratos por dia. Elas representaram, respectivamente, 45% e 37% do total de menções. Outras dietas, a exemplo da Detox e a Low sodium, também figuram na lista.