Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho completa 34 anos

A reserva ecológica de mata atlântica fica em Caruaru e possui o bioma de Brejo de Altitude, que influência o clima e a vegetação da região, e mantém uma biodiversidade diferenciada no Agreste.

 

O Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho, que fica no 1º Distrito Rural de Caruaru, completou no último dia 07 de julho, 34 anos de criação. O local, também conhecido como Serra dos Cavalos é uma reserva ecológica que conta com o bioma de Brejo de Altitude, uma formação vegetal disjunta da Mata Atlântica, que ocorre no Agreste de Pernambuco e Paraíba, como ilhas de umidade no ambiente semiárido da Caatinga. A reserva florestal foi declarada parque pela Lei Municipal n° 2.796 de 07/07/1983, de autoria do vereador de Caruaru, Souza Pepeu, um defensor das questões ambientais no município.

 

O nome do parque foi dado em homenagem ao engenheiro agrônomo João Vasconcelos Sobrinho, um dos líderes, e pioneiro, na luta pela conservação de áreas naturais protegidas em Pernambuco. Era inicialmente chamado de Fazenda Vargem Grande, onde nas terras se produzia o café sombreado. O local apresenta uma precipitação que varia entre 650 a 900 mm/ano, bastante acima da média da região do entorno. A reserva fica situada na faixa granítica-granodiorítica Jaboatão-Bonito, com altitudes entre 800 a 950 metros e dois cursos de águas principais: riacho do Chuchu e Capoeirão, ambos contribuintes do rio Taquara. Possui três principais açudes que servem como reservatórios de água, denominados de Serra dos Cavalos, Guilherme de Azevedo e Jaime Nejaim.

 

A vegetação do parque é florestal perenifólia ou subperenifólia, com 91 espécies arbóreas (46 famílias e 69 gêneros), com destaque para o Podovarpus selowii Klotzsch, que em Pernambuco é registrada apenas neste brejo. A fauna é composta por 48 espécies de mamíferos (40 gêneros, 15 famílias e 7 ordens). Já a avifauna tem 115 representações com raridades, a exemplo das endêmicas do pintor-verdadeiro (Tangara fastuosa) e pintassilgo (Carduelia yarrellii), ameaçadas de extinção. A fauna herpetológica apresenta variedade com espécies desconhecidas e possivelmente endêmicas. A ictiofauna é reconhecidamente subnotificada com 13 registros, com parte significativa de introduzidas. Os insetos com 101 espécies, sendo algumas novas, raras, desconhecidas e em estudos, variadas espécies de borboletas, uma espécie criticamente ameaçada de extinção.

 

A passagem do aniversário do parque natural foi celebrada na manhã do último domingo, com atividades ao ar livre promovidas pela Associação Conhecer e Preservar. Os visitantes foram recebidos às 08h com um café da manhã na sede do receptivo e puderam assistir à palestra de boas vindas do secretário de Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural de Caruaru, Diogo Cantarelli e do gestor do parque, Alexandre Leite. Na oportunidade foi apresentado um breve histórico sobre o local. Em seguida, todos seguiram para um passeio na trilha ecológica e ao final fizeram o plantio de mudas de árvores de mata atlântica, em um local reservado do parque para reflorestamento de espécies nativas. O local abre todos os dias para visitação, das 08h às 16h e os agendamentos para visitações devem ser feitos através do email parquevsobrinho@gmail.com.